Receita do Cocotte

É muito importante deixar claro que conhecimento se constrói e precisamos OBRIGATORIAMENTE creditar nossas fontes de informação, então, esta receita fiz à partir da Rita Lobo – que é minha principal fonte.

Aqui em casa quase nunca pedimos comida, pois a indigesta verdade é que dificilmente um dono de restaurante não vai pensar em seu lucro acima da nossa saúde e qualidade dos ingredientes. Acredito que quase tudo tenha óleo vegetal e condimentos para tornar a comida palatável e irresistível, então pelo sim pelo não prefiro não pedir.

Domingo à noite geralmente estou em jejum, que estendo até segunda de noite, completando 24h – mas eventualmente este dia minha janela alimentar está aberta e é justamente um momento pesado de preguiça e falta de imaginação para ir à cozinha preparar algo. Ou seja: a armadilha perfeita para cair na tentação dos cupons de delivery que chegam.

Pois ontem tratei de pensar em algo diferente e gostoso com os ingredientes que tinha em casa, basicamente OVO e queijo, já que meus cortes de carnes estavam todos congelados e às vezes falho no MICRO planejamento (depois falo sobre isso).

Indo atrás de uma receita fácil e diferente caí no ovo cocotte, uma receita deliciosa de origem francesa que pode ter dezenas de variações, no meu caso, usei 3 ovos ao invés de 2, troquei a ricota sugerida pela Rita pelo queijo de cabra que tinha em casa – e fiz no forno.

Meu marido comeu com pão, eu poderia ter comido também já que não vejo problema algum em consumir um BOM PÃO como indulgência, no entanto preferi uma salada de folhas, castanhas e azeite, para a frizz não estragar na geladeira (já que qse nunca consumimos salada).

Bom, no final das contas meu marido que é lariqueiro pirou, eu também achei delicioso e fiquei orgulhosa por ter vencido a preguiça. Além disso, o prato fez secretar meus hormônios da saciedade e fui dormir feliz, sem aquela sensação de fome pós pico de insulina, que uma refeição LIXO tráz.

Aí vai a receita:

INGREDIENTES

  • 2 ovos
  • 4 tomates-cereja
  • 1 ½ colher (sopa) de queijo
  • 4 folhas de manjericão
  • ½ colher (sopa) de leite
  • azeite a gosto
  • 1 pitada de noz-moscada ralada na hora
  • sal e pimenta-do-reino moída na hora a gosto

MODO DE PREPARO

1. Lave e seque os tomates. Com a ponta da faca, faça um furinho em cada tomate e esprema para retirar as sementes – elas deixam a cocotte aguada.

2. Num ramequim individual que comporte 250 ml (ou qualquer tigela refratária individual ou xícara que possa ir ao micro-ondas), coloque os tomates sem as sementes e o queijo cottage. Junte as folhas de manjericão e tempere com um fio de azeite, sal e pimenta-do-reino.

3. Quebre um ovo de cada vez em outra tigela e transfira para o ramequin – se um estiver estragado você não perde a receita. Fure as gemas com um garfo, acrescente o leite, tempere com uma pitada de sal e noz-moscada. Não precisa misturar.

4. Leve ao micro-ondas para cozinhar, em potência média, por 2 minutos e 30 segundos para uma cocotte com gema mole ou 3 minutos para gema firme. Sirva a seguir.

Receita original aqui

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.