Mix de sementes (Low Carb, claro)

Não somos pássaros nem ratos para ter uma dieta baseada em sementes, mas elas são interessantes para incrementar as preparações com sabor, textura e um pouco de nutrientes. Como todas as plantas, elas possuem antinutrientes. As sementes contém ácido fítico, que é sua proteção natural e quando algo que o contém é ingerido, o ácido fítico se liga a minerais como zinco, ferro, magnésio, cálcio, cromo e manganês no trato gastrointestinal, a menos que seja reduzido ou anulado por imersão, brotação e/ou fermentação. Os minerais ligados geralmente não podem ser absorvidos no intestino, e muitos minerais ligados podem levar a deficiências minerais.

Animais que produzem fitase – a enzima que quebra o fitato – podem prosperar com alimentos ricos em fitato. Ratos, por exemplo, produzem grandes quantidades de fitase e podem lidar com mais fitato na dieta sem exibir sinais de deficiências minerais. Como os humanos produzem cerca de 30 vezes menos fitase do que os ratos, dietas ricas em fitato podem ser problemáticas para os humanos.

Se grãos e sementes tem antinutrientes, por que então não consumir grãos e consumir sementes? Em primeiro lugar, grãos e leguminosas são geralmente vistos como alimentos básicos, eles formam a base das refeições. As pessoas não comem um punhadinho de feijão ou “um ou dois” grãos de arroz integral. As pessoas comem pratadas desses “básicos” e dependem deles para obter proteínas e calorias. As sementes, por outro lado, são uma “graça” para incrementar um prato ou um lanche. São usadas como “temperos” e não como a refeição em si. Ninguém vai ter a alimentação baseada em sementes, como têm nos grãos, então muito provavelmente as pessoas não comem quantidades exorbitantes de sementes.

Estudos que analisam o efeito do fitato na biodisponibilidade mineral se concentram em grãos e leguminosas, não em sementes, porque grãos e leguminosas são o que as pessoas estão comendo como base de sua alimentação e confiando neles a sua nutrição. Não comemos sementes por seus nutrientes (para isso comemos as carnes, ovos e vegetais!), comemos para ter um crocante na comida, certo?

Se você comer as sementes como uma “graça” na comida, não estará consumindo quantidades significativas de antinutrientes, assim como consumiria comendo grãos e farinhas refinadas, pois esses sim são consumimos em grandes quantidades. Pelo contrário, estará consumindo de maneira benéfica, pq as sementes tb tem nutrientes interessantes.

Assim sendo, aqui vai a receita do mix que tenho usado nas minhas preparações para dar um crunch:

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.